Casal ganha nove filhos em apenas três anos - Cabeça de Criança
  • Casal ganha nove filhos em apenas três anos



    Casal ganha nove filhos em apenas três anos
    Imagem: Reprodução/Instagram

    Um casal da Pennsylvania, nos Estados Unidos, ganhou nove filhos em apenas três anos. Após adotar quatro crianças e dar à luz a um filho, Maxine and Jake Young foram surpreendidos com a gravidez de quadrigêmeos.

    LEIA TAMBÉM:

    O casal contou à revista People que sempre desejou ter filhos e realizou esse sonho, não uma, mas nove vezes. Mas, em um período de três anos, eles nunca imaginariam que a família estaria tão grande.

    Agora, a família é composta do casal e de Aiden, de 8 anos; Parker, de 5; Connor, de 4 anos; e Elliott, de 3. Além do filho biológico Henry, com 23 meses, e os quadrigêmeos de 8 semanas Theo, Silas, Beck and Cecilia.

    De acordo com Maxine, de 30 anos, eles não esperavam ter uma família tão grande, mas sentem que essas crianças eram destinadas à eles. “A esse ponto, não consigo me imaginar não tê-los”, disse.

    A mãe sempre teve interesse em adotar. Quando conheceu seu marido, Jake, eles discutiram sobre o assunto e começaram a aprender mais sobre o processo de adoção. Depois de aprovados, receberam uma ligação para a adoção de três crianças. Pouco menos de um mês depois, receberam a ligação para adotar mais uma menina.

    Seis meses depois, Maxine descobriu que estava grávida do primeiro filho biológico do casal.  Muito felizes com a notícia, mal sabiam que a família não pararia por aí.

    Poucos meses depois do nascimento de Henry, ela descobriu uma gravidez de trigêmeos. Algumas semanas e ultrassons depois, o médico descobriu que ela estava carregando quatro crianças, não três.

    Apesar de algumas dificuldades durante a gravidez, em parte porque  Maxine sofria de ovários policísticos, as crianças nasceram com muita saúde.

    Imagem: Reprodução/Instagram

    De acordo com o casal, mesmo com os desafios de cuidar de nove crianças durante uma pandemia global, eles contam que não conseguem imaginar a vida de qualquer outra forma.

  • Back to top