Governo de SP pagará adicional a professor que der recuperação presencial nas escolas em setembro - Cabeça de Criança
  • Governo de SP pagará adicional a professor que der recuperação presencial nas escolas em setembro

    Governo de SP pagará adicional a professor que der recuperação presencial nas escolas em setembro



    Governo de SP pagará adicional a professor que der recuperação presencial nas escolas em setembro
    Imagem de Adam Winger por Unsplash

    O governo de SP pagará adicional a professor que der recuperação presencial aos alunos nas escolas estaduais a partir do dia 8 setembro, segundo o jornal Folha de S. Paulo. O secretário de Educação de São Paulo, Rossieli Soares, admite também a possibilidade de contratar professores extras para a reabertura das instituições de ensino.

    LEIA MAIS:

    O retorno das atividades presenciais ocorrerá de maneira gradativa. Em um primeiro momento, as salas de aula terão no máximo 20% dos alunos no caso das escolas estaduais e 35% nas municipais e particulares.

    A presença dos estudantes é opcional, com prioridade para os jovens quem não possuem acesso a computador e internet ou tenham dificuldade de aprendizado. As turmas em fase de alfabetização (1° e 2° ano do ensino fundamental) e conclusão de ensino (5°, 9° e 3° ano do médio) também serão priorizadas.

    Sete atividades estão previstas: reforço e recuperação; acolhimento emocional; orientação de estudos e tutoria pedagógica; plantão de dúvidas; avaliação diagnóstica e formativa; atividades esportivas e culturais e utilização de laboratórios de tecnologia para estudo e acompanhamento das aulas online.

    Profissionais que fazem parte do grupo de risco estão dispensados das atividades presenciais em setembro. Cada unidade escolar deve seguir as medidas sanitárias – uso obrigatório de máscara, distanciamento social e higienização com álcool gel – e haverá um comitê, formado por um gestor, um professor e um representante de pais e alunos, para monitorar os protocolos.

    Para o governo de SP, o retorno gradual das atividades nas escolas será uma oportunidade para aprimorar os protocolos contra a covid-19 até a retomada oficial das aulas, prevista, por enquanto, para o dia 7 de outubro.

  • Back to top