Aprenda a fazer slime fácil e sem bórax ou outras substâncias tóxicas - Cabeça de Criança
  • Aprenda a fazer slime fácil e sem bórax ou outras substâncias tóxicas



    Foto: Juliana Tiraboschi

    Uma menina de oito anos foi internada em Brasília por intoxicação por bórax, substância utilizada para fazer slimes caseiros.

    Segundo a mãe da garota, Thamires Ximenes, relatou no Instagram, desde que a fabricação caseira da “geleca” virou febre, sua filha, Laysla, passou a fazer slime com muita frequência em casa, e já faz um tempo que vem se queixando de dores na barriga.

    De acordo com Thamires, os médicos tratavam as dores como virose ou constipação. “Depois, apareceram muitas machas na pele e os médicos diagnosticaram como dermatite atópica”, contou.

    Mas, na semana retrasada, as dores aumentaram muito e Laysla foi levada para emergência. No hospital, um exame de sangue apontou uma insuficiência renal, e a garota foi internada às pressas na UTI. “Fomos informados que ela estava com menos de 40% da função renal”, contou Thamires. 

    Exames de raio X, ultrassonografia, ecografia e tomografia tiveram resultados normais, e nenhum deles explicava a diminuição da função renal. Depois de três dias de UTI, os rins começaram a reagir e a menina ficou em observação no quarto.

    Segundo Thamires, foram mais quatro dias de internação, com uma investigação exaustiva de pediatras, gastros e nefrologistas, até que, no sétimo dia, os médicos enfim chegaram a uma conclusão: intoxicação por ácido bórico, ou bórax, ingrediente que compõe o ativador do slime caseiro. 

    Em maio, outra menina havia sido internada, em São Paulo, também por intoxicação por bórax.

    Mas a boa notícia é que existe um jeito muito fácil de fazer slime caseiro sem precisar do bórax.

    A receita básica leva apenas dois ingredientes: cola branca e sabão líquido de lavar roupa. Para incrementar o slime, você pode usar também corante e outros itens decorativos, como glitter, miçangas etc.

    1 – Para fazer o slime caseiro seguro, comece colocando a cola branca em um pote:
    Foto: Juliana Tiraboschi
    2 – Depois, para o slime ficar mais bonito, misture um pouco de corante ou tinta. Nesse teste, usamos tinta acrílica:
    Foto: Juliana Tiraboschi
    3 – Vá acrescentando, aos poucos, o sabão líquido. Mexa até ele desgrudar do pote:
    Foto: Juliana Tiraboschi
    Foto: Juliana Tiraboschi

    Por motivos de composição química, algumas marcas de sabão dão liga, outras não. Para fazer esse teste, usamos o sabão Ype, e funcionou (essa matéria não é um conteúdo patrocinado pela marca). Vimos também relatos nas redes sociais de que o sabão da marca Ariel também funciona.

    Se o slime ficar muito grudento, acrescente, aos poucos, um pouco mais de sabão. Vá mexendo com as mãos até desgrudar.

  • Back to top