4 atividades fáceis para ajudar no desenvolvimento motor de bebês e crianças
  • 4 atividades fáceis para ajudar no desenvolvimento motor de bebês e crianças



    Foto por Jordan Rowland no Unsplash

    O desenvolvimento infantil é um processo vivido pela criança desde o nascimento, e engloba aspectos físicos, emocionais, sociais e cognitivos. O desenvolvimento motor dos bebês, mais especificamente, engloba um processo de mudanças relacionadas à postura e aos movimentos da criança, de acordo com a idade.

    LEIA TAMBÉM:
    Excesso de telas prejudica habilidades motoras das crianças, diz estudo
    Lugar de bebê é no chão
    Uma van é transformada em casa para família com bebê e cachorro. Veja!

    Para Thaís Fernandes Velasques Borba, fisioterapeuta do Centro de Excelência em Recuperação Neurológica (CERNE), é importante que pais e responsáveis acompanhem esse desenvolvimento – principalmente nos primeiros anos de vida –, para que possíveis atrasos neuropsicomotores sejam detectados em seus estágios iniciais. “Um desenvolvimento motor adequado repercute em vários aspectos da vida futura dos pequenos”, diz a especialista.

    Para ajudar nesta tarefa de desenvolvimento motor e acompanhamento do processo, a fisioterapeuta preparou essa lista com atividades que podem ser feitas em casa, dependendo da faixa etária.

    1 – para bebês de 2 a 10 meses
    Estímulo de barriga para baixo. Colocar o bebê no chão (pode ser em cima de tapete, EVA ou edredom) e mostrar brinquedos ou objetos de interesse da criança. O objetivo é fazer com que o bebê eleve a cabeça e apoie os braços no chão.
    Benefícios: alongamento e fortalecimento de músculos respiratórios, preparação para atividades motoras como se sentar, engatinhar, levantar do chão e motricidade fina das mãos.

    2 – para bebês e crianças a partir de 1 ano
    Colocar a criança para caminhar em diferentes terrenos: andar descalça na grama, na areia, na terra etc. Se o bebê ainda não andar sozinho, pode levá-lo segurando nas mãos.
    Benefícios: ativação da musculatura mais profunda dos pés e estímulo sensorial na planta dos pés, favorecendo o equilíbrio e coordenação motora global.

    3 – para crianças entre 2 e 4 anos
    Andar em diferentes terrenos, deixar a criança brincar com areia, terra, brita, ter experiência com os pés e as mãos.
    Benefícios: ajudar no desenvolvimento motor como um todo. Essas atividades ajudam a desenvolver a percepção, o tato, o andar e até a comunicação dos pequenos.

    4 – para crianças acima de 4 anos
    Incentivar atividades motoras como jogar bola, pular corda, amarelinha, fazer cambalhota, brincar de carrinho de mão (segurar a criança pelos pés e andar com as mãos), correr, fazer cabana com cadeira e lençol.
    Benefícios: favorece a coordenação motora global, desenvolvimento cognitivo, criatividade e vínculo emocional com a família.

  • Back to top