Médicos realizam cirurgia pioneira em intestino de feto, no interior de São Paulo - Cabeça de Criança
  • Médicos realizam cirurgia pioneira em intestino de feto, no interior de São Paulo



    Médicos de diferentes instituições operaram o intestino de um feto com uma malformação congênita, ainda na barriga da mãe. A cirurgia aconteceu no Hospital da Criança e Maternidade (HCM), em São José do Rio Preto (SP).

    Os especialistas envolvidos afirmam que o procedimento, que foi realizado nesta segunda-feira (17), foi inédito no mundo.

    Segundo reportagem da TV Globo, o abdomen do bebê tinha uma condição chamada gastrosquise, uma abertura no abdômen que faz com que o intestino fique posicionado para fora da barriga. A abertura foi fechada durante a cirurgia. Segundo o especialista em medicina fetal Gustavo Henrique de Oliveira, a operação pioneira mostrou que é possível tratar o problema ainda na gestação.

    Até então, esta cirurgia era feita logo após o nascimento e o bebê tinha que ficar 60 dias na UTI. Com a cirurgia intrauterina, o bebê já pode ir para casa logo depois do parto.

    A mãe é uma jovem de 26 anos, de São José dos Campos, que está com 33 semanas de gestação. Segundo Gregório Lorenzo, especialista em medicina fetal, a expectativa é que se ganhe mais tempo de gestação e que o bebê nasça mais maduro.

    A mãe passa bem e o bebê está se desenvolvendo normalmente. O procedimento será apresentado em um congresso na Espanha ainda neste ano.

    Participaram da cirurgia médicos do próprio Hospital da Criança e Maternidade (HCM), do Hospital Albert Einstein, de São Paulo, da Universidade de Taubaté e do Hospital de Baia Blanca, da Argentina.

     

  • Back to top