Procura por advogados para divórcio cresce 177% durante a pandemia
  • Divórcios na pandemia: procura por advogados cresce 177% na quarentena

    Pandemia: divórcios aumentam durante a quarentena



    Pandemia: divórcios aumentam durante a quarentena
    Imagem de Jeyaratnam Caniceus por Pixabay

    O convívio intenso durante a quarentena devido à pandemia do novo coronavírus tem gerado desgaste nas relações familiares. Neste cenário de isolamento social, a procura por advogados para consultoria sobre divórcios teve um aumento de 177% em abril deste ano, em comparação ao mesmo período de 2019, de acordo com um levantamento da revista Pais&Filhos.

    LEIA TAMBÉM:

    Segundo Diego Queiroz, a empresa especializada Divórcios Brasil recebeu 133 contatos de pessoas em busca de aconselhamento para separação matrimonial em abril. O número registrado pela firma, que atende clientes da classe média na maior parte dos casos, é bastante superior aos 55 pedidos de atendimento jurídico na área da família recebidos em janeiro.

    A revista também aponta um salto nas buscas do Google sobre o tema. Em março, houve um aumento de 82% na pergunta “como dar entrada no divórcio?”. Já em abril, o site registrou um acréscimo de 9900% nas buscas pelo termo “divórcio online gratuito”.

    O cenário também se repete nos Estados Unidos, em Portugal, Austrália, Itália e África do Sul. Procurado pela reportagem, o escritório português Dantas Rodrigues & Associados, em Lisboa, registrou um aumento de 25% na procura por aconselhamento na área de direito da família. Na Australia, a firma Justice Family Lawyers viu um crescimento de 20% no interesse pelo assunto.

    A China foi o primeiro país a ser atingido pela “pandemia do divórcio”. Os escritórios locais registraram um grande aumento de pedido de separações após quatro meses de quarentena, segundo o site Bloomberg.

  • Back to top